Skip to main content
   
   
Go Search
Extranet InovContacto
  

Extranet InovContacto > Visão Contacto > Posts > Nuno Sebastião, "filho do INOV Contacto" e atual Chairman & CEO da Feedzai, desafia as novas gerações: "não vão para a consultora, criem o vosso negócio"
Nuno Sebastião, "filho do INOV Contacto" e atual Chairman & CEO da Feedzai, desafia as novas gerações: "não vão para a consultora, criem o vosso negócio"

Nuno Sebastião | C06 | ESA - European Space Agency | Darmstadt, Alemanha

Nuno Sebastião

A Conferência anual da AICEP realizou-se em novembro pelo 3º ano consecutivo e contou com o Nuno Sebastião C06 como keynote speaker sobre o tema "Conhecimento, empreendedorismo, inovação e competitividade - de Portugal para o mundo".

A viagem da Feedzai

Neste momento a Feedzai, uma empresa de Coimbra, está a construir o futuro ao definir e criar uma categoria de software designada por Risk Ops.

Foi possível criar esta categoria de software porque a Feedzai tem a dimensão, a ambição e, acima de tudo, a credibilidade do mercado. Para isso são essenciais os seguintes aspetos:

  • Quatro dos cinco maiores bancos norte americanos são clientes da Feedzai e um é investidor desta tecnológica.
  • Mais de 20% transações bancárias a nível mundial passam e são validadas pelos sistemas da Feedzai.
  • A nível global, a Feedzai “toca” 800 milhões de consumidores, ou seja, cerca de 40% da população mundial que possui conta bancária.
  • O Nuno Sebastião tem um visto de residência nos EUA, dado ser imigrante. É à Feedzai que cabe o procedimento de deteção de fraude, já que tudo o que é pagamento de impostos é validado pela Feedzai.

Alguns motivos do sucesso da Feedzai

  • Colaboradores sabem desenvolver software e são ambiciosos.
  • Práticas eficientes de captação e retenção de talento.
  • Criação de oportunidades para “os melhores”, a nível global, trabalharem, atraindo cada vez mais empresas.
  • Compromisso de R%D (Research and Development).  Cerca de 26% da receita da Feedzai é investida R%D puro.
  • 22 pedidos de patentes (conhecimento primário) em 2 meses.
  • Publicação de 17 papers no último ano.
  • É relentless. Ou seja, implacável no objetivo de ter as melhores pessoas, conscientes de que são as melhores do mundo. Incentiva a irreverência no sentido da a superação dos seus mestres de outrora. 
  • Perspetiva sobre doações e parcerias é diferente de grande parte das empresas. Por exemplo, a Feedzai fez uma parceria com a universidade de Coimbra que consiste em doar o tempo e contar aos alunos as suas experiências de empreendedorismo, apontando riscos e estratégias.
  • 60% dos empregados da Feedzai estão em Portugal. Quase 5% destes são PHD.
  • Partilha do sucesso  - “o maior exemplo de socialismo” – 15% da Feedzai está na mão de empregados.

Alguns desafios

  •  Leis do trabalho restritivas (como os horários fixos). É preciso perceber como as leis do mercado se aplicam aos vários segmentos e empresas.
  • Não temos um sistema fiscal pensado para a performance compensation, nem para empresas que perdem dinheiro nos primeiros anos (como é normal).
  • Os investidores querem estabilidade. Nós temos mais empresas avaliadas acima de 1 B do que a Espanha, mas muito menos do que Israel. Não temos capitães da indústria que cumpram o papel de fator de multiplicação. Temos poucas empresas líderes nas suas áreas.
  • Em Portugal o sistema educativo não está sensibilizado para a cultura do empreendedorismo. É precisa ensinar os jovens a arriscar.

Assiste à intervenção do Nuno Sebastião.

Share on Facebook
Created By: Isabel Azevedo
Published: 30-11-2021 18:30

Comments

There are no comments yet for this post.

 ‭(Hidden)‬ Content Editor Web Part ‭[2]‬

Visão Contacto