Skip to main content
   
   
Go Search
Visão Contacto
  

Visão Contacto > Posts > A presença humana permanecerá sempre fundamental, já que podemos dar a volta ao mundo, mas algo nos faz sempre regressar às pessoas
A presença humana permanecerá sempre fundamental, já que podemos dar a volta ao mundo, mas algo nos faz sempre regressar às pessoas

Daniela Bonifácio | C24 | Consumering Digital Ltda. | São Paulo, Brasil

 
Daniela Bonifácio em teletrabalho

Iniciei o ano de 2020 com o sentimento de que os obstáculos que surgissem teriam justamente o peso que eu lhes decidisse atribuir. Ao abraçar o estágio internacional do INOV Contacto o mote transfigurou-se: minimizar as ideias preconcebidas e absorver cada instante que esta experiência viria a proporcionar-me. .

Com a minha chegada a São Paulo no dia 10 de março e um mar de oportunidades por explorar, vi este horizonte ser limitado pela proliferação do Covid-19 e tive que decidir se permaneceria no país, com toda a incerteza que daí advinha, ou se voltava a sobrevoar o Atlântico para regressar a Portugal. Sob possíveis restrições nas fronteiras foi necessário agir rapidamente e, por isso, não tive alternativa se não consultar a minha “vozinha interior”. E eis que: decidi ficar!

Hoje escrevo enquanto contemplo uma cidade que se perde de vista, entre imponentes edifícios que harmoniosamente se fundem com o verde das árvores e que, diariamente, incorpora na sua imagem indiscretos helicópteros (consequências de viver no 12º andar).

Vista sobre São Paulo

Vista sobre São Paulo.

 

Como tem sido a minha experiência por terras paulistanas? uma vivência praticamente resumida à serenidade de “quatro paredes”, mas com um sentimento alinhado com o descontentamento de grande parte da população devido à postura do atual Presidente Jair Bolsonaro e os seus apoiantes perante esta pandemia que, cada vez mais, se torna evidente no país. A título de curiosidade, todos os dias, por volta das 20.30h, sem exceção, é possível escutar-se o soar de panelas a bater entre gritos de revolta que evidenciam essa mesma desaprovação.

Observa-se, assim, um sistema político cada vez mais desagregado e com tendência à militarização, que tem gerado polémica, um pouco por todo o mundo. Afastada da agitação citadina e do refúgio verdejante no parque Ibirapuera, volto à serenidade que acima enalteço e que se torna possível com a descoberta de um novo equilíbrio para o meu dia a dia, centrado na minha individualidade. Como tal, inicio o meu dia um pouco antes das 7.00h para observar os tons oferecidos pelo nascer do sol enquanto preparo um pequeno almoço onde o abacate se tornou protagonista e as frutas tropicais (compradas na feirinha local) nunca faltam. O momento seguinte tem como destino o yoga mat onde combinações de alongamentos e meditação ganham vida. Sou uma novata nestas “andanças”, mas encontro aqui uma das peças fundamentais para fazer valer o resto do dia. .

Depois desta redefinição de trabalho, afinal que lições posso eu apontar para o futuro? Para além da (re) descoberta e aceitação do meu próprio “metabolismo” de produtividade diária, certamente que, o work-life balance ganhará destaque daqui em diante. .

Como tenho tido oportunidade de vivenciar, o que por vezes julgamos como certo revela-se o contrário. E é mesmo assim, a imprevisibilidade continuará a ser uma constante, mesmo na esfera do trabalho, por isso, a forma como a encaramos poderá ser o fator diferencial.

Em jeito de conclusão, prefiro encarar o duro episódio de 2020 como um momento de reaprendizagem, pois, a ansiedade frenética a que se tem vindo a assistir nos anos mais recentes, não terá que fazer mais sentido caso o work-life balance se torne cada vez mais respeitado. Um (re) pensar, uma (re) conexão, um re (começo) e um (re) fazer dão corpo aos novos tempos que aguardamos com curiosidade.

Share on Facebook
Created By: Daniela Marques Bonifácio
Published: 08-08-2020 17:23

Comments

There are no comments yet for this post.

 ‭(Hidden)‬ Content Editor Web Part ‭[2]‬

Visão Contacto