Skip to main content
   
   
Go Search
Visão Contacto
  

Visão Contacto > Posts > The show must go on: Como as redes sociais se transformaram em palco durante a quarentena
The show must go on: Como as redes sociais se transformaram em palco durante a quarentena

Maria João Cruz Gens | C24 | Impactrip | Barcelona, Espanha

Músicos, atores, encenadores e, no geral, todos os profissionais do mundo das artes viram-se numa situação inédita, numa verdadeira tragicomédia cujo final, à primeira vista, não parecia ser animador. Entre a gestão logística de uma série de cancelamentos à última hora, passando pelo desalento e revolta dos fãs, os artistas viram-se confrontados com uma enormidade de questões paralelas, para além daquelas relacionadas com o aparecimento do vírus. Se, por um lado, a consciência pública fez com que todos os promotores de espetáculos e artistas cancelassem os seus espetáculos por razões lógicas, todos eles temeram (e temem) pelo abandono dos palcos, que equivale ao afastamento do público e, consequentemente, a um afastamento das cobiçadas “luzes da ribalta”. Para além disso, as questões financeiras também se afiguram como uma preocupação para um setor de atividade pouco apoiado e muitas vezes deixado à parte de apoios e programas de financiamento público.

No entanto, e sendo este um setor onde a criatividade, a imaginação e a reinvenção são fundamentais, a partir do momento em que a quarentena foi decretada, começaram a surgir as mais variadas iniciativas para dar voz a todos aqueles que, de um momento para o outro, ficaram sem palcos, cenários ou salas de espetáculo.

Felizmente, vivemos numa sociedade cada vez mais conetada, e é indiscutível que as redes sociais desempenharam um papel fundamental no período que vivemos. Não só pelo facto de nos permitirem estar perto daqueles de quem mais gostamos, mas também por terem sido um meio de entretenimento, informação e evasão perante uma realidade difícil de encarar.

Assim, é impossível não mencionarmos iniciativas organizadas pelos mais influentes artistas de todo o mundo, como foi o caso do One World: Together At Home, uma série de concertos virtuais com participação de Lady Gaga, Elton John, The Rolling Stones, entre muitos outros, e no qual foram arrecadados cerca de 35 milhões de dólares para o fundo de solidariedade da Organização Mundial de Saúde.

Apesar de me encontrar em Espanha, fui acompanhando a atividade artística “virtual” portuguesa, e assisti a fenómenos como as “baladas de adormecer” de Miguel Araújo ou, mais ainda, os diretos do humorista Bruno Nogueira – Como é que o bicho mexe? – no qual se testemunharam momentos marcantes, como Vhils a "construir" Zeca Afonso na parede de sua casa no dia 25 de Abril, a pianista Maria João Pires a tocar Debussy no seu piano de cauda ou um dia de Natal celebrado em plena Primavera.

Assim, cantores, músicos, bailarinos e muitos entertainers em todos o mundo encontraram nas redes sociais um novo palco, uma nova forma de interagirem com o público, de partilharem a sua arte e, sobretudo, demonstrarem que apesar de todas as adversidades, a arte e a criatividade humana estão de boa saúde.

Curioso é que estas áreas – a música, a dança, o humor – tantas vezes esquecidas e até “desprezadas”, foram aquelas que nos deram alento e animaram durante os dias de confinamento. Quantos de nós não gostaríamos de agradecer a todos os músicos, bailarinos, comediantes, que nos deram, gratuitamente, a oportunidade de assistirmos, do conforto de nossas casas e através dos ecrãs dos nossos telemóveis, às demonstrações dos seus talentos?

A verdade é que as redes sociais provaram que, apesar de todas as suas desvantagens, elas foram as aliadas perfeitas de todos estes artistas que, durante este período, quiseram partilhar connosco aquilo que melhor sabem fazer. E a verdade é que, apesar das notícias tristes, das estatísticas alarmantes e das saudades de quem amamos, todas estas partilhas tornaram tudo um pouco mais fácil e provaram que, mesmo nos tempos mais difíceis, o espetáculo, esse, tem sempre de continuar.

Share on Facebook
Created By: Maria João Cruz Gens
Published: 09-11-2020 12:59

Comments

There are no comments yet for this post.

 ‭(Hidden)‬ Content Editor Web Part ‭[2]‬

Visão Contacto