Skip to main content
   
   
Go Search
Visão Contacto
  

Visão Contacto > Posts > "Trabalhei 24 horas no primeiro dia, no outro dia manhã eu ainda lá estava". Ana Damásio e a oportunidade única de cobrir o ataque às Torres Gémeas durante o estágio INOV Contacto
"Trabalhei 24 horas no primeiro dia, no outro dia manhã eu ainda lá estava". Ana Damásio e a oportunidade única de cobrir o ataque às Torres Gémeas durante o estágio INOV Contacto

Ana Damásio | C3 | CNN, Grupo Turner | Atlanta, EUA

CNN em Atlanta. Em 2001 Ana Damásio, estagiária da 3ª edição do INOV Contacto, trabalhou na CNN

A minha participação no INOV Contacto marcou a minha vida em todos os aspetos. Em termos pessoais, tive a oportunidade de sair para outro continente (fui para o EUA), outro país, outra cultura, sair mesmo da zona de conforto, pois embora [os EUA] seja um país ocidental, confrontei-me com uma maneira de fazer as coisas no dia-a-dia diferentes das nossas.

No meu caso em particular tive a 'sorte' de estar nos EUA no 11 de Setembro, no meu estágio em jornalismo na CNN, portanto o acontecimento mais importante dos últimos 20 anos. Eu, uma estagiária vinda da Universidade Nova, estava no olho do furacão desse acontecimento. Ainda que eu estivesse em Atlanta, foram tempos de grande incerteza. Em Atlanta havia edifícios muito importantes, como Centro Mundial de Controlo de Epidemias onde as armas biológicas estão guardadas, a Coca-Cola que podia ser um alvo a abater, a própria CNN… tudo símbolos norte-americanos, aliás a própria CNN foi evacuada de ‘pessoal não essencial’… e para mim foi uma experiência inimaginável antes de ir, que não é sequer replicável.

Mas lembro-me que nesse dia, há uma altura em que eu estou na Food Court, onde as pessoas vão muitas vezes buscar café, entre o embate do primeiro avião e o segundo avião e vejo no ecrã gigante isso a acontecer, em direto. Eu não conseguia ouvir o som da televisão porque aquilo era um sítio gigante onde havia imensos cafés de diferentes marcas e imensa gente ia lá beber café, portanto quando vi aquilo pensei: “Estes filmes americanos”… por que aquilo parecia um filme. .

Mas passado dois minutos percebi que aquilo não era um filme: quando passei a minha identificação pelo sistema de segurança, apercebo-me que os seguranças estão muito alterados e chego à sala da edição da manhã do meu programa e percebo que aquilo que eu tinha visto não se tratava de um filme. Nos primeiros dois segundos, porque mal olhei para a televisão, ainda pensei: 'Estes filmes logo de manhã de aviões a baterem em edifícios, não tenho paciência para isto…'.

A partir daí foi uma adrenalina inacreditável: trabalhei 24 horas no primeiro dia, no outro de manhã eu ainda lá estava, e só não trabalhei mais porque o editor subiu as escadas rolantes e viu-me a passar:

"Ana, tu ainda não foste a casa? (ele deve ter reparado pela minha cara ou então que tinha a mesma roupa do dia anterior). Vai-te embora já! Só apareces aqui depois de teres dormido e teres mudado de roupa".

E assim fez.

Created By: José Maria Azevedo e Bourbon
Published: 09-09-2019 19:40

Comments

There are no comments yet for this post.
Visão Contacto