Skip to main content
   
   
Go Search
Visão Contacto
  

Visão Contacto > Posts > 8ª edição do Salão do Imobiliário e Turismo Português
8ª edição do Salão do Imobiliário e Turismo Português

Andreea Vrabie| C23 | Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa | Paris, França

Primeiro dia da 8ª Edição do Salão do Imobiliário e do Turismo Português em Paris

Tendo decorrido entre 17 a 19 de maio de 2019 no Parque de Exposições da Porte de Versailles, em Paris, o Salon de l’Immobilier et du Tourisme Portugais à Paris juntou imobiliárias e promotores imobiliários, bancos, consultorias, empresas de apoio ao investimento e instituições de apoio à constituição de empresas. Ao todo, mais de 120 expositores estiveram à disposição dos empresários franceses e do público em geral para responder a questões, oferecer conselhos, distribuir contactos e realizar negócios.

Para além de permitir aos visitantes interagir diretamente com as empresas do seu interesse, o evento organizou palestras informativas sobre os tópicos que mais interessam tanto à população francesa como à imensa comunidade portuguesa e luso descendente presente na França.

Sessões sobre o estatuto do Residente Não Habitual e como financiar um projeto em Portugal responderam às questões mais práticas, mas os organizadores investiram num lado mais humano também. Os visitantes tiveram a oportunidade de assistir a testemunhos de reformados, digital nomads, startupers e empresários sobre o caminho que os levou a Portugal e como lá se instalaram. O Instituto Camões apresentou curtas sessões de introdução à língua portuguesa para despertar o interesse do público francês. E até houve uma conferência sobre a arte portuguesa, como a avaliar e como investir nos artistas portugueses.

Mesmo a sessão de inauguração, que contou com a presença do embaixador de Portugal em França, Jorge Torres-Pereira, a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, o diretor do Salão do Imobiliário e do Turismo, Ricardo Simões, e o Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa (CCIFP), Carlos Vinhas Pereira, permitiu aos participantes de conhecer um outro lado de Portugal e ouvir as preocupações e objetivos do lado institucional.

Paris, França. 2019 Sessão de Inauguração da 8a Edição do Salão Foto: Alexandre dos Santos, CCIFP

Paris, França. 2019 Sessão de Inauguração da 8a Edição do Salão Foto: Alexandre dos Santos, CCIFP

Organizado pela primeira vez em 2012 pela Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa, o Salão do Imobiliário e do Turismo já é conhecido hoje como o lugar mais propício para encontrar oportunidades de negócios em Portugal e contribui, ano após ano, para a popularidade de Portugal como destino turístico.

Nas edições passadas o foco deste evento foi a procura de bens imobiliários em Portugal e dar a conhecer a oferta turística portuguesa ao público francês. Com a compra parcial do Salão no ano passado pelo empresário francês Marc Laufer após se ter apaixonado por Portugal, e sob a direção de Ricardo Simões, antigo diretor executivo da CCIFP bem como antigo estagiário INOV Contacto, o Salão tenta despertar o interesse dos novos empresários freelancer e dos nómadas digitais. Assim, o novo Salão apresenta Lisboa como a Silicon Valley europeia e Portugal como o hub de mobilidade internacional e desenvolvimento tecnológico.

Carlos Vinhas Pereira, presidente da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa de Paris, entidade coorganizadora do evento, afirma que "ainda há muito investimento a fazer” no território português e que, devido à longa história entre Portugal e França, ainda há muitas oportunidades nos diferentes mercados, é apenas uma questão de as identificar. Do seu lado, a CCIFP continua a querer focar a problemática da descentralização e promover zonas menos conhecidas e mais abandonadas do território português.

Paris, França. 2019 Equipa da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa e visitantes no Salão do Imobiliário e do Turismo. Foto: Sandrine Mateus

Paris, França. 2019 Equipa da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa e visitantes no Salão do Imobiliário e do Turismo. Foto: Sandrine Mateus

“É importante termos a presença das CIMs (comunidades intermunicipais) e de câmaras municipais no Salão para darmos a oportunidade de conhecer o seu trabalho”, insiste Marie Reis da CCIFP. O público francês conhece muito intimamente o litoral português, mas para além das empresas que já recebem o apoio da Câmara de Comércio e da AICEP na procura de investimentos no interior, poucos chegam a conhecer o resto do país. Não é por falta de iniciativas e projetos por parte destes territórios, mas sim por falta de reconhecimento no estrangeiro.

Eventos como o Salão do Imobiliário e do Turismo podem apresentar uma nova vertente de Portugal aos turistas franceses e atrair investimento nas zonas menos desenvolvidas destacando as comunidades que procuram internacionalizar-se.

Imagem de destaque por: António Borga

Created By: Andreea Florentina Vrabie
Published: 14-02-2020 15:42

Comments

There are no comments yet for this post.
Visão Contacto