Skip to main content
   
   
Go Search
Visão Contacto
  

Visão Contacto > Posts > A ética e a inteligência artificial
A ética e a inteligência artificial
Rita Mota Pinto | C24 | Novabase/Axians | Moçambique/ Portugal
A ética e a ia

A Ética é um ramo da filosofia dedicada ao estudo dos assuntos morais.

Inteligência artificial (IA) é a utilização de algoritmos informáticos que tentam replicar o raciocínio humano. O seu principal objetivo é executar funções que, caso fosse um ser humano a realizar, seriam consideradas inteligentes. É um conceito amplo, e que recebe tantas definições quantas as dadas à palavra “inteligência”. Um sistema de IA é capaz de armazenar e manipular dados, mas também consegue adquirir, representar, e manipular conhecimento. Esta manipulação inclui a capacidade de deduzir ou inferir novos conhecimentos a partir dos já existentes e utilizar métodos de representação e manipulação para resolver problemas complexos. .

Apresentando esta capacidade de agir por si, é importante haver uma preocupação com a “ética das máquinas”, para que não se verifiquem danos nos seres humanos ou outros seres vivos.

Pelo facto de o tema da ética não ser linear, sendo por vezes difícil caracterizar, o certo e o errado, a polémica em seu redor dura há muitos anos. Especificamente na implementação da ética na IA, inúmeros cientistas e amantes da tecnologia têm tentado chegar a um consenso no que diz respeito ao tema, mas a resposta continua uma incógnita.

Tendo a tecnologia evoluído exponencialmente nos últimos anos, adquirindo cada vez mais um papel essencial na vida de todos, os conflitos éticos têm-se apresentado com uma frequência cada vez maior.

Vejamos 2 exemplos:

1) Um sistema de inteligência artificial foi programado para cortar o oxigénio de um edifício, caso ali ocorresse um incêndio, pois a informação lá existente poderia salvar a vida de milhares de pessoas. Será ético cortar o oxigénio desse edifício sabendo que se encontram lá 10 pessoas para salvar a vida de milhares?

2) Com o intuito de proteger de crimes de ódio a comunidade LGBT+, foi desenvolvido um algoritmo de IA que, através das fotografias publicadas num site de encontros, identificava as pessoas desse grupo. Será ético invadir a sua privacidade mesmo que o objetivo seja protegê-las?

Podemos concluir que, um debate permanente sobre as formas como a Inteligência Artificial deve “pensar” diante de questões éticas e morais é imperativo, pois é a partir daí que serão estabelecidas políticas e iniciativas empresariais e de cidadania que irão regular em harmonia a coexistência entre humanos e máquinas.

Existem muitas maneiras de participar nesta discussão. Uma delas é através do fórum “AI Alliance” criado pela União Europeia onde se debatem os aspetos do desenvolvimento da Inteligência Artificial e dos seus impactos.

Share on Facebook
Created By: Rita Alexandra Soares da Mota Pinto
Published: 08-10-2020 9:48

Comments

There are no comments yet for this post.

 ‭(Hidden)‬ Content Editor Web Part ‭[2]‬

Visão Contacto